segunda-feira, 27 de agosto de 2007

Carta de descoberta.


Descobri esta carta nos recantos de mim.
Sempre desejei escrevê-la e guardara este ensejo para o dia em que me apaixonasse verdadeiramente.
Sentia os anos passar.
A loucura dos meus anseios íntimos a transformar-se a pouco e pouco de ribeiro irrequieto em lago descansando na mansidão da rotina, sem que nunca tivesse experimentado a vertigem da queda de água em cascatas loucas de paixão e carregadas de biliões de sois capturados nos infinitos arco-iris que as gotas suspensas na leveza do amor inventam.

Mordi os lábios tanta vez olhando para a lua cheia, lendo os Poetas e perguntando-me:

- Onde estás tu paixão, que se me foge a vida e não te vivo. Serão estes poemas apenas devaneios loucos ou será que alguém conseguiu sobreviver alguma vez prenhe destas loucuras?-

Arrumava os poemas entre o pó dos amores frouxos de tempos idos.
Amarelos de tão esquecidos, e seguía com as perguntas-respostas que eu próprio criava:

  • Poderá um cego de nascença alguma vez descrever as cores? Seguir em mente as fluorescências do sol esvoaçados nos caprichos duma borboleta?
    Ou imaginar a profundidade infinita dum céu povoado de milhões de estrelas?
    Saberá ele, em resumo imaginar sequer o que é a escuridão?
    Ele que sempre a conheceu nem poderá jamais descrevê-la, para isso teria de sentir a ausência da luz, a angustia da sua falta. Ver todo o mundo desaparecer no negro breu, mas para que isso acontecesse teria de ter sentido primeiro o calor da luz no seu olhar... –


Depois, sem que o esperasse e vindo do nada surgiste tu, e eu nasci.
O céu abriu-se em ferida à tua passagem pela minha vida.
Senti como a paixão faz doer. Como a luz intensa cega a quem nunca viu.
Descobri a profundidade do espaço infinito e vazio nos minutos em que não estás.
Sei agora que toda a verdade chorada pelos os poetas fica aquém do que um peito sente.
Que amar é sim e só perdidamente.
Que só ao sangrar se vê o peso do sentimento.
Inspirei.
Abri a alma e descobri-te junto à esta carta.
Afinal estiveras sempre aí.
No fundo de mim junto a ela...


Charlie

Fevereiro 09, 2006

49 comentários:

Anônimo disse...

Bela, esta carta. Tem a sonoridade própria de um poema.
Diz-se que os poetas sentem só com a imaginação. Eu por mim não sei bem se será assim ou não. Mas percebo do que trata a carta. Sei bem o que é precisar de uma pessoa a ponto de lhe sentir, nas mãos entregue, mais que o coração ou o corpo, a própria vida.
(airam)

MARIA disse...

Caro Charlie,
Esta sua carta, como outras que escreveu, emocionou-me.
Percebo que aprecia a linguagem do coração , tal como eu .
Por isso queria partilhar consigo uma carta minha, que intitulei como
"Poema a Um Amor Adiado".
Se concordar , deixo-a para si no meu blog.
É sua, vai-lhe dedicada.
Um beijinho
Maria

Um Momento disse...

Suspirando...
Emocionada, por tais sentires manifestados... sentido-os eu aqui...
Carta bela, dorida, sentida, amada
Um beijo abraçado ... em Ti
(*)

elvira carvalho disse...

Que bela carta. Cheia de sentimento, dor paixão. Muito bonita.
Um abraço

ana maria costa disse...

suave escorre líqido o texto até ao final do fim da carta e da visão.

Poeta do Sol e do Mar...

Olhos de mel disse...

Charlie, que bom! Descobriu a paixão. Acho que o amor faz milagres na vida da gente, bem como nos faz sofrer. Mas eu fiquei feliz por você! Linda carta! Que mulher não gostaria de saber, que é capaz de inspirar uma carta, tão cheia de paixão?
Fique com Deus! Beijos

Martinha disse...

Que carta bonita. :)
Cheia de sentimentos.
Beijo *

Joana Dalila Santos disse...

Sempre belas as cartas.

♥≈Nღdir≈♥ disse...

Chegou ao fim mais uma semana marcada pelo cansaço e pela ausência na net…
Sinto saudades dos espaços que normalmente visito e das pessoas
Hoje uma breve passagem apenas   

ღღ ¸..´para desejar¸..*´¨)*´¨)
  ¸.•´¸.•*´¨)um ღ ¸.•*¨)
  (¸.•´ ღღ (¸.•` ღღ Bom fim de Semana* ღღ
       ¸.•*¨)             
    (¸.•´ ღ (¸.•*´¨¨*Beijinhos*´¨¨*•.¸ღ .•*¨)

mariazinha disse...

"cartas de amor, quem as não tem..."

...quem as tem é mais rico.

Beijos

©õllyß®y disse...

Cartas que já não mais se esvrevem...gostei muito de ler esta tua...

Os cegos podem descrever o que veêm com os olhos da Alma...

Doce beijo

luz disse...

Quando tiver tempo, prometo que vou ler devararinho......

Palavras ao vento disse...

Belo momento este ao ler a tua " Carta Descoberta".

Nada como escrever... Com a voz do coração.

Bom inico de semana.

Maria

Olhos de mel disse...

Oie meu amigo lindo! Passando pra desejar uma semana cheia de realizações.
Beijos

CatWorld disse...

A minha ainda anda perdida!mas fico muito feliz por teres encontrado!mesmo!beijoca!

fairybondage disse...

Estas cartas
escritas
junto à pele
aflorando os lábios
o sabor secreto
do amor
ainda descoberto
enfim...
Traçam caminhos
de saudade
em mim...

LINDO
mil beijinhos

teresamaremar disse...

Pobre do Homem quando perde a capacidade de se apaixonar, quando apenas se rende à Razão.

Uma boa semana.

teresamaremar disse...

Viajar é o que importa; o destino, o pretexto adiado. Nunca chegar a Itaca, ela é o fim, o esvaziar das velas, o verde musgo nos cordames e o bolor negro nos interiores das velas. Nada pior que ter saudade da saudade...

como eu gostei deste comentário! E em que momento ele chegou. A minha mãe chama-lhe "A voz do mundo", quando acontece alguém dar-nos uma resposta sem ouvir a pergunta que nos fazemos.

Menina do Rio disse...

Uma linda carta, uma descoberta preciosa, Charlie!
E de repente, tudo criou vida, em cores e sabores e embora haja a dor, cada minuto vivido valarão por toda uma eternidade.
Tens uma alma sensivel e bela

beijos

Lumife disse...

É uma delícia ler estas "cartas".
São lidas num ápice e depois saboreadas a pouco e pouco. O meu estilo...
Como sabe bem acompanhar a partilha de um coração...

Um abraço

Menina do Rio disse...

Recebi uma indicação para concorrer com o meu poema "LAÇOS
E PEDAÇOS" ao "PRÉMIO CANETA DE OURO - POESIA 'IN BLOG' 2007"
idealizado por ANDRÉ L. SAORES do blog "http://poemasdeandreluis.blogspot.com e
RITA COSTA do blog "http://ritacosta-almadepoesia.blogspot.com
e me coube escolher 5 blogs para participar.
Se resolveres aceitar vais até "http://poemasdeandreluis.blogspot.com/2007/08/prmio-caneta-de-ouro.html#links"
ler as regras e confirmas a tua participação. É opcional.
O poema indicado por mim é: "CARTA DUM MORIBUNDO" postado em 08/06/2007

BEIJOS

redonda disse...

Gostei, muito.
Quero essa intensidade.

Olhos de mel disse...

Oie meu amigo lindo! Bom fim de semana, viu?
Beijos

Menina do Rio disse...

Charlie
passo pra deixar um beijo e dizer que já publiquei minhas indicações

Bom findi!

Sonia Regina disse...

"Sei agora que toda a verdade chorada pelos os poetas fica aquém do que
um peito sente."

Achei forte, deixando na gente a dúvida até onde Pessoa fingiu no
poema sobre o poeta:)

beijo

Sonia
>
>
>
>Sonia Regina
>

Um Momento disse...

Passei
Uma boa noite desejei
Um beijinho sopro...
Bom fim de csemana desejo
Beijo... em ti
(*)

♥≈Nღdir≈♥ disse...

os poetas sentem com o peso do coração...
beijinhos

Olhos de mel disse...

Olá Charlie! Como você está? Passei por aqui e deixei beijinhos com votos de uma semana feliz!

Um Momento disse...

Deixi cair um beijo
(*)

Charlie disse...

Que doçura de momento, quando um beijo cai assim....

cheiodetesao disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
cheiodetesao disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Vieira Calado disse...

"...amar é só e sim perdidamente"
Ah, o amor, o amor!...
Beijinhos

Lumife disse...

Reler estes textos é como beber àgua fresca... quando sedentos.

Amanhã tens um desafio no "Beja".

Bom fim de semana.

Abraço

Olhos de mel disse...

Oie Charlie, como você está? Saudades de suas maravilhosas cartas.
Bom fim de semana! Fique com Deus!
Beijos

somentebia disse...

Linda carta! Versos preciosos emanados de uma alma apaixonada pela vida, pelo amor, pelas próprias descobertas de um novo ser dentro de si mesmo. Bela, como todas as outras tuas cartas, que expressam tão sentidamente os meandros de tua alma.

Deixo-te pétalas de mimosas flores, um beijo no coração, e o desejo de dias lindos na tua vida.

luz disse...

Poças Charlie!!!

Nao voltas??

Vais deixar que isto fique cheio de beijinhos e mais nada?

eu beijinhos,ñ mando.

Charlie disse...

Olá Luz. Desviam-se me os sons para a Luz dos meus olhos.
Na verdade tenho muito para escrever e até muita coisa escrita, mas não me assiste qualquer pressão temporal. Porém fica descansada que irei em breve postar mais uma cartita, destas que como sabes, não tem qualquer valor.
Do beijo que não me mandas eu tiro dois para te enviar: um o meu, outro o que tu quiseres que seja.

Carlos

Olhos de mel disse...

Oie meu amigo lindo! Vim lhe ver e desejar uma semana feliz!
Beijos

MARIA disse...

Caro Carlos,
Eu também passo sempre por aqui para espreitar o correio ...
Quando volta a escrever ?
Eu já escrevi, como prometi.
EStamos todos na expectativa : então de depois, como evoluíu a história ?
Um beijo Maria

luz disse...

Caro Carlos!!!

Podes ñ escrever mais....

As tuas cartas sem valor ñ vam ser lidas por mim, pq para que sejam lidas por mim,têm de ser CARTAS COM MUITO VALOR!!!!

e nem penso mandar beijinhos como o resto das tuas namoradas que tú tens aqui.

ai jesus!!!

Charlie disse...

OLá Luz;)
Obrigado por gostares de ler estas cartitas. Esta semana ponho mais uma sem valor.
Não me mandas um beijo mas não faz mal, eu mando-te um na mesma.
E cá só para nós que ninguém nos ouve: Elas são de verdade todas minhas namoradas? Ena, ena....e eu que nem sequer desconfiava.... ;)

Um Momento disse...

Deixei cair um beijo... em ti
Dia lindo

(*)

luz disse...

Veo,querido Carlos que no me entendiste..............

que No he leido ninguna carta sin valor, porque no me interesan los cuentos de hadas.

Cuando te dignes a escribir algo serio,entonces te leo.

que lo único que quieres son los beijinhos que te mandan todas tus amiguitas!!!

luz disse...

Bom,nem sei se todas sao as tuas namoradas............o somente sao aquelas que te querem deixar im-presionado!!!

Bia disse...

Olá amigo! Buscando nova postagem. Estás demorando a postar... curtindo uma preguicite aguda? (risos). Espero que nos presenteie logo com uma de tuas cartas tão poeticamente lindas!

Deixo-te pétalas de macias e perfumadas flores do campo, um beijo no coração, e o desejo de sonhos lindos a enfeitar tua noite.

Olhos de mel disse...

Oie meu amigo, você faz falta, viu? Some não! Bom fim de semana! Beijos

Bruxinhachellot disse...

Uma carta digna de premiações, que surpreende a cada linha, demonstrando todo o sentimento que nela foi escrito.

Beijos de Sol e de Lua.

Bia disse...

Não encontrando nova postagem, deixo-te pétalas perfumadas, um beijo no coração, e votos de um lindo, alegre e ensolarado final de semana.